A FORÇA DA CIDADANIA:   POR FARO, ALGARVE E PORTUGAL

ÓRGÃOS INSTITUCIONAIS DA CIDADANIA: 

O povo elege os autarcas, mas controla de forma permanente os eleitos

A Aliança Cívica “Salvar Faro Com Coração” lutará para que a autarquia aprove uma CARTA DE CIDADANIA, onde serão definidos os direitos dos munícipes e associações e deveres da autarquia.

  • Conselho Municipal de Cidadania e por Freguesia

Haverá um Conselho Municipal de Cidadania e Conselhos por freguesias, compostos por representantes das organizações de moradores (a eleger pelas populações) e associações já existentes.

  • Polos de Cidadania

A base são os Polos de Cidadania nas ilhas, bairros e lugares. Onde já houver Comissões de Moradores não serão criados, estabelecendo-se formas de cooperação.

  • Competências e Funcionamento

As competências, composição e funcionamento constarão da Carta de Cidadania.

Os órgãos funcionarão com total independência, sem representantes de entidades públicas.

A Autarquia garantirá apoio administrativo na implementação e funcionamento.